quinta-feira, 24 de novembro de 2011

TRÊS PILARES DE SUCESSO NAS VENDAS NATALINAS


TRÊS PILARES DE SUCESSO NAS VENDAS NATALINAS

Recentemente um empresário relatou: "Dalmir, fiz um investimento significativo na fachada da minha loja. Agora vou arrasar nas vendas natalinas". Pensei nessa afirmação e fiz inúmeras reflexões sobre esse fato. Será que somente decoração natalina é suficiente para aumentar as vendas? Acredito que é preciso aproveitar o clima de natal para estimular os negócios, entretanto é relevante considerar também, o grau de satisfação da equipe de trabalho. Com a aplicabilidade dos três pilares abaixo, coloque mais energia positiva no atendimento e conquiste excelentes resultados nas vendas natalinas.

Primeiro pilar – A rotatividade de funcionários no período natalino, em inúmeras situações, pode estar relacionada com a ausência de benefícios oferecidos e por longas jornadas diárias de afazeres. Nesse sentido, o primeiro pilar destaca a coerência dos benefícios oferecidos pela empresa, com as necessidades dos funcionários. Disponibilizar uma área de lazer infantil, com uma monitora profissional, passa ser uma enorme diferença para mães e pais que precisam trabalhar além do expediente normal e, não têm com quem deixar o filho. Você pensou na tranquilidade e comodidade que sua empresa pode oferecer, disponibilizando esse benefício?

Segundo pilar – Crie programas de incentivo para estimular a autoestima da sua equipe no período natalino. Como especialista em gestão de pessoas, asseguro que, os tempos em que as vantagens de uma organização estavam resumidas a um único plano de saúde, ficaram para trás. Seja mais flexível com sua equipe, ouvindo as necessidades de seus funcionários. Um exemplo verídico é a de um empresário lojista que conheço que estará disponibilizando, sem custos, transporte para levar os funcionários que trabalham até mais tarde em suas residências. Pode parecer simples, mas será uma enorme comodidade de tempo e segurança para sua equipe. O que você está fazendo para ouvir as necessidades dos seus funcionários?

Terceiro pilar – De nada adianta investir em uma vitrine, colocar uma imensa árvore natalina, se o atendimento oferecido ao cliente é ineficaz. Considere em suas ações comerciais, o desgaste físico e os aspectos emocionais gerados por longas jornadas de trabalho. Que tal estruturar uma sala com música ambiente e “pufes” confortáveis para repouso? Pode ser um pequeno período de descanso após o almoço, jantar ou lanche, mas terá um alcance surpreendente nos resultados. Não permita que sua equipe demonstre uma aparência de esgotamento físico ao atender seus clientes. Você não imagina um Papai Noel reclamando, desmotivado e bocejando, certo?

É preciso encontrar disposição e entusiasmo para atuar com um maior grau de atenção aos clientes, bem como fortalecer a capacidade de gostar de lidar com pessoas. Sou favorável a uma excelente decoração natalina, desde que, ocorra uma coerente interação com seus clientes, como também a valorização da equipe interna de trabalho. Coloque em prática o exercício de oferecer o que há de melhor com simpatia e cordialidade explorando ao máximo os três pilares acima. Agora responda: Como está o nível de satisfação de sua equipe de trabalho comparada com a decoração natalina?



Dalmir Sant’Anna – Palestrante comportamental, mestrando em Administração de Empresas, autor dos livros "Oportunidades"; "Menos pode ser Mais" e do DVD com o tema "Comprometimento como fator de Diferenciação". Visite o site: www.dalmir.com.br

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Carreira nos dias de hoje


análise
Carreira nos dias de hoje
*Juliana Quintino de Oliveira
 
O antigo modelo de organização era a grande firma hierárquica, e o modelo da nova competição é o modelo em redes, em que a tecnologia da informação e da comunicação tornou possível uma maior capacidade de inter-relações de empresas dispersas.
Hoje, a carreira dos indivíduos desenvolve-se em espiral, ou seja, mudanças constantes, possibilidades de realizar atividades novas e diferentes, associadas ao modelo tradicional. Os executivos não seguem mais apenas uma carreira, mas sim duas, três, ou até quatro diferentes durante sua vida e, às vezes, até de maneira simultânea. Assim, a trajetória da carreira em redes está muito mais alinhada e em sintonia com as necessidades do nosso tempo, pois possibilita o desenvolvimento de pessoas que têm profundidade e amplitude de habilidades. Esses profissionais apresentam tanto a visão deespecialistas, quanto de generalistas.
O desenvolvimento de carreira no contexto atual, com um formato não linear, passa pela aquisição, evolução e melhoria contínua na utilização de competências e habilidades essenciais ao profissional contemporâneo. Para tal, o indivíduo deve ter foco e objetivos bem definidos, exigindo autoconhecimento. Treinamentos e educação contínua passam a ser fundamental.
 
Juliana é Gestora da Trevisan Editora, mestre em Administração pela PUC, com apresentação da tese "Percepções da educação continuada no formato de MBA pelo executivo em sua carreira".

Três dicas para arrasar em 2012, por Lygya Maya


Três dicas para arrasar em 2012
por Lygya Maya*

Sem sombra de dúvida, por causa do término do calendário Maia, 2012 é um ano esperado com muita curiosidade, por milhares de pessoas no mundo inteiro. Uma estranha série de eventos terríveis e colisão de meteoros e planetas com a Terra, são apenas algumas das previsões de especialistas sobre o fim do mundo, além de problemas apontados em relação à conservação do planeta, que parecem estar convergindo para nos falar sobre a destruição da humanidade em 2012.

E o que isso significa para nós? Como podemos manter a cabeça tranquila, com tantas influências nos estressando no dia-a-dia?

Seria sábio dar mais importância ao que ainda está desconhecido dentro de nós ao invés de dar ouvidos a tantas informações diferentes vindas do lado de fora.  Precisamos conhecer mais o nosso mundo interior do que outros planetas ou civilizações.  Simplesmente por que não podemos mudar o que está do lado de fora, porém temos 24 horas com nós mesmos com o poder ilimitado de criar soluções para uma vida mais feliz e saudável. E isso é a realidade. Somos nós que decidimos tudo o que fazemos. Podemos ser nosso melhor amigo ou o pior inimigo. Sabotar nossa felicidade ou vencer desafios incalculáveis.

E, para começar nosso autoconhecimento e desenvolvimento, eu pergunto: você acha que pode ser e ter mais na vida? Caso sua resposta seja sim, sugiro você seguir estes três passos:

  • Ser específico no que o seu coração deseja.
  • Confiar em si mesmo.
  • Aprender com os desafios, agindo em direção ao que se quer alcançar.

Ser específico no que o coração deseja

O que seu coração deseja sentir em relação à vida? Qual é o seu sonho?

Isso parece ser simples para responder sem hesitar, mas já perguntei isso a milhares de pessoas e as respostas tomam volumes de palavras inadequadas, evasivas ou há um silêncio total. Outras respostas são dadas baseadas na mente, na lógica, no racional, e não no coração, como deveria.

Por que será? Falta de foco? Talvez a resposta evasiva venha do fato de acreditar que seu desejo seja impossível ou até ridículo?

O que você gosta de fazer, de coração? O que te faz ter alegria e realização? Pergunte-se e responda sem hesitar. Quando você responde sem rodeios, vai direto ao ponto que te excita e te motiva sem limites.

Sabendo o que o seu coração quer, aí então vem o próximo passo.


Confiar em si mesmo


Confiar em si mesmo não deveria ser difícil para ninguém, porém milhares de pessoas vivem sem a menor confiança para realizar seus desejos, sonhos e fantasias. Por quê?

Por causa da maneira como foram criadas.  Há pessoas que crescem sendo abusadas emocionalmente pelos pais e nunca conseguem amar a si ou confiar em si mesmas devido à crença que lhes foi incutida na infância de que não eram capazes de muitas conquistas.

Quem quiser obter realização pessoal tem o dever de se conhecer e confiar em si com toda a força possível.

Como fazer isso? Desenvolvendo um diálogo interno positivo.

Por exemplo: Eu sou uma pessoa realizada e feliz.

Repita essa frase o maior número de vezes possível, diariamente.

Uma vez que mudamos as crenças que nos limitam, poderemos dar vazão ao que queremos na vida de uma maneira poderosa e decisiva.


Aprender com os desafios, agindo em direção ao que se quer alcançar

Temos a escolha e a vantagem de aprender com os desafios. Aquele que dramatiza uma experiência difícil de lidar, sentindo pena de si mesmo, acaba se estressando e não progredindo ou evoluindo.

Posso contar várias histórias de superação humana como a de Gandhi, Martin Luther King e muitos outros heróis, ainda assim a maioria das pessoas escolhe ser vítima de sua própria história.

Quer melhorar sua vida? Comece agora mesmo, seguindo o mapa aqui indicado. Se precisar de ajuda, peça, só não vale a pena estagnar.

Somente nós, autores de nossa história, é que podemos escrevê-la como um drama ou uma comédia. E de uma coisa estou certa: o sucesso será bem mais agradável que o fracasso em 2012.


* Lygya Maya é coach, escritora e palestrante. Desenvolveu sua carreira nos Estados Unidos, onde atuou na Companhia do mestre em motivação Anthony Robbins. É autora do e-book Ame as Emoções que Você Odeia (2008), disponível em www.lygyamaya.com.br.
 
Informações para a imprensa:
Ello Comunicação
Gisele Almeida
(11) 3803-9473
ellocomunic@gmail.com


Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição neste link